terça-feira, 17 de julho de 2012

A garra de um mineirinho de 21 anos

Kanecas Cachaçaria, um trem diferente
Hoje é a inauguração do Kanecas Cachaçaria, um projeto que eu tive o privilégio de ver nascer 7 meses atrás, das idéias e do brilho nos olhos de Raphael Silva, um jovem empreendedor que teve a coragem de largar um bom emprego e uma carreira "promissora" em uma financeira de nível nacional para correr atrás do seu sonho aqui no Piauí.

Sempre é muito fácil analisar a história de sucesso de um Eike Batista, de um Sílvio Santos ou de um Abílio Diniz. Sinto-me privilegiado de estar presenciando o primeiro empreendimento de um jovem de 21 anos com a garra desses grandes empresários que citei. Com a força de abdicar da convivência com a família e dos amigos (que ficaram lá em Caratinga, interior de Minas Gerais) para arriscar tudo porque viu a oportunidade da sua vida na nossa querida Teresina, cidade onde ele não conhecia ninguém até o ano passado.

Então sustentado pelo seguro-desemprego, ele achou o ponto, juntou seu capital com o dos seus sócios Mateus Rufino e Emanuel Ribeiro, "registrou a firma", fez a reforma, montou cardápio, contratou e treinou sua equipe, abasteceu o estoque de comes e bebes e hoje é o grande dia! Tiveram problemas? Claro que tiveram, e muitos, como todos nós vamos sempre ter em nossos negócios e em nossas vidas. Mas ao contrário de muitos relaxados, preguiçosos e alguns "espertos" que não fazem mais nada da vida a não ser reclamar de tudo e "botar catinga", ele veio lá de Minas ensinar a esses piauienses como se constrói uma história de sucesso.

Parabéns meu amigo, você sabe o orgulho que tenho de você. E longa vida ao Kanecas Cachaçaria, um TREM diferente!